Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta segunda-feira

REUTERS/Marcos Brindicci

Por Geoffrey Smith 

Investing.com —  O coronavírus continua a se espalhar sem controle nos EUA e em grande parte do mundo desenvolvido.

As ações devem abrir em alta à medida que o Goldman Sachs (NYSE:GS) aumenta sua previsão de lucro para o S&P 500 antes da temporada de balanço do segundo trimestre, embora a Pepsico (NASDAQ:PEP) tenha diminuído a projeção de lucro em sua última atualização.

A moeda da Polônia zloty está se enfraquecendo um pouco depois que o presidente conservador Andrzej Duda venceu outro mandato, e os preços do petróleo caíam com a perspectiva da Opep e seus aliados se preparando para deixar mais petróleo voltar ao mercado a partir do próximo mês.

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na segunda-feira, 13 de julho.

1. Coronavírus se espalha mais rapidamente; Trump usa máscara

A Organização Mundial da Saúde (OMS) registrou um novo recorde diário para o número de novos casos de Covid-19 no fim de semana, com mais de 230.000. Os EUA registraram um novo número diário de mais de 70.000 infecções na sexta-feira, enquanto a Flórida sozinha registrou mais de 15.000 novos casos – mais do que Nova York no auge da primeira onda do vírus, em abril.

A Casa Branca procurou se distanciar de Anthony Fauci, chefe do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas, depois que Fauci alertou repetidamente sobre a inadequação da resposta dos EUA ao vírus nas últimas semanas.

Ao mesmo tempo, o presidente Donald Trump usou máscara em público pela primeira vez depois de semanas se recusando a fazê-lo e zombando de seus oponentes por fazê-lo.

2. Fusão de fabricantes de chps Analog e Maxim

A Analog Devices (NASDAQ:ADI) irá fundir com a Maxim Integrated (NASDAQ:MXIM) em um acordo de fusão que será o maior dos EUA até agora neste ano.

A fusão criará uma empresa com um valor de mercado de aproximadamente US$ 70 bilhões e receita anual de cerca de US$ 8 bilhões. É a mais recente fusão em um setor que teve rápida consolidação em entre seus principais competidores nos últimos cinco anos.

Sob os termos do acordo, os acionistas da Maxim serão donos de cerca de um terço da empresa.

As duas são as principais empresas de semicondutores analógicos, cujas aplicações incluem gerenciamento de energia para baterias automotivas. Seu maior rival, de acordo com o Wall Street Journal, será a Texas Instruments (NASDAQ:TXN).

3. Ações devem abrir em alta, como previsto por Goldman e UPS; Pepsi muda de perspectiva

Os mercados de ações dos EUA estão prestes a abrir em alta, ignorando as notícias de maior disseminação do coronavírus em meio à confiança de que a próxima temporada de balanços não fará com que os investidores tenham uma visão mais sombria das perspectivas das grandes empresas.

Os analistas do Goldman Sachs revisaram sua previsão de base para o lucro por ação em 2020 das empresas do S&P 500 para até US$ 115, de US$ 110 anteriormente, de acordo com nota divulgada no fim de semana. A equipe de David Kostin enfatizou que as perspectivas, em vez de números históricos, serão particularmente importantes durante a próxima temporada de balanços.

A Pepsico, que divulgou seu balanço anteriormente, não forneceu uma perspectiva financeira para o ano, além de ter reiterado suas garantias anteriores sobre pagamentos de acionistas.

Às 8h31 (horário de Brasília), o contrato Dow Futuros subia 226 pontos, ou 0,7%, enquanto o contrato S&P 500 Futuros subia 0,7% e o Nasdaq 100 futuros subia 0,9%.

4. Zlóti enfraquece um pouco com reeleição de Duda

A moeda polonesa zlóti se enfraqueceu depois que o atual presidente Andrzej Duda, representante do partido conservador Lei e Justiça, foi reeleito por uma margem estreita, o que foi visto como uma reivindicação popular do histórico econômico do partido.

A vitória de Duda sobre seu oponente mais econômica e socialmente liberal sugere que a força da opinião conservadora na Europa Central e Oriental, que levou a uma crescente tensão entre a UE e seus membros mais novos, deve continuar.

Às 8h37, o euro estava em 4,4764 zlóti, bem próximo do que seria uma alta de sete semanas.

5. Petróleo cai enquanto a Opep+ se prepara para abrir as torneiras

Os preços do petróleo caíam com a perspectiva da Opep e de seus aliados abrindo parcialmente as torneiras no final do mês.

Sob o acordo de emergência para restrição de produção alcançado durante a pandemia pelo bloco Opep+, a quantidade de petróleo retida nos mercados mundiais deve cair de 9,7 milhões de barris por dia para 7,7 milhões de bpd no final de julho.

Autoridades da Rússia indicaram que não veem necessidade de divergir desse cronograma, que provavelmente será endossado em uma reunião de monitoramento técnico ainda nesta semana.

Os contratos futuros de petróleo dos EUA caíram 1,6%, para US$ 39,91 por barril, enquanto o índice internacional Brent caía 1,4%, para US$ 42,64 por barril

Deixe uma resposta