Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta quarta-feira

Chinese national flag and Hong Kong flag fly behind security cameras outside government headquarters in Hong Kong, China November 22, 2017. Picture taken November 22, 2017. REUTERS/Bobby Yip

Por Geoffrey Smith 

Investing.com – Relatos de novas medidas dos EUA contra a China sobre Hong Kong atingem o HSBC (LON:HSBA), mas não o índice acionário Hang Seng ou o dólar de Hong Kong

Os casos de coronavírus dos EUA superaram 60.000 pela primeira vez na terça-feira, quando o presidente Trump pediu a reabertura de escolas por volta de setembro. 

As ações devem abrir em leve alta em Nova York após as perdas de terça-feira, com temores de que uma segunda onda possa limitar a recuperação econômica. A Allstate deve comprar o National General por US$ 4 bilhões. 

Os preços do ouro spot superam US$ 1.800 pela primeira vez desde 2011 e o Reino Unido anuncia outra rodada de estímulo fiscal. 

Aqui está o que você precisa saber nos mercados financeiros na quarta-feira, 8 de julho.

1. Notícias de Hong Kong atingem o HSBC, mas não o dólar de Hong Kong

Os EUA estão procurando outras maneiras de punir a China por sua violação da autonomia de Hong Kong com uma nova lei de segurança nacional, que expande enormemente os poderes dos órgãos de segurança do continente na ex-colônia britânica.

A Bloomberg informou que os assessores do Secretário de Estado Mike Pompeo estão procurando maneiras de minar a atratividade do dólar de Hong Kong em relação à divisa dos EUA, mas a agência informou que as preocupações com a potencial instabilidade do mercado são um poderoso desincentivo.

As ações do HSBC tiveram a maior queda em mais de dois meses, em meio a preocupações de que os EUA pudessem limitar o acesso dos bancos de Hong Kong a dólares. O HSBC obtém mais de dois terços de seus lucros em Hong Kong e do adjacente Pearl River Delta. O dólar de Hong Kong ficou estável, no entanto, e o índice de ações Hang Seng subiu mais 0,6%.

2. Casos de vírus nos EUA atingem novo recorde

Os EUA registraram mais de 60.000 novos casos de Covid-19 pela primeira vez, com o estado do Texas respondendo por mais de 10.000 deles.

O diretor executivo da Organização Mundial da Saúde, Mike Ryan, disse que não seria surpreendente se a contagem global de mortes começasse a aumentar novamente, dado que o vírus se espalhou não apenas nos EUA, mas também em lugares como América Latina e Índia.

São Francisco adiou a reabertura de restaurantes na terça-feira, enquanto Ohio introduziu a obrigatoriedade de máscara nos municípios como Cleveland e Cincinnati.

O presidente Donald Trump disse na terça-feira que pressionaria as escolas primárias e secundárias no outono, para que mais pais possam voltar ao trabalho. O governo federal ainda não emitiu nenhuma orientação sobre como garantir a reabertura das escolas com segurança.

3. Ações devem abrir com leve alta; Allstate irá comprar National General

As ações dos EUA devem abrir com leve alta depois de quebrar um rali de cinco dias na véspera, devido a preocupações de que a disseminação do coronavírus prejudique a recuperação econômica.

Às 8h39 (horário de Brasília), o contrato Dow Futuros subia 14 pontos ou 0,05%, enquanto os contratos futuros do S&P 500 subiam 0,13% e os futuros do Nasdaq 100 ganhavam 0,37%.

As ações europeias estavam mais baixas, mas os índices chineses continuaram subindo.

A Bed Bath & Beyond irá reportar o balanço fiscal do primeiro trimestre após o encerramento da sessão. Também estará em destaque a gigante dos seguros Allstate, que concordou em comprar a rival National General por US$ 4 bilhões em dinheiro.

4. Ouro spot atinge máxima de nove anos

O preço à vista do lingote de ouro subiu acima de US$ 1.800 pela primeira vez em quase nove anos, com o medo de uma segunda onda de pandemia e as expectativas de uma políticas do banco central continuando a direcionar os fluxos para ativos porto seguro.

De acordo com o Conselho Mundial do Ouro, os ETFs lastreados em ouro registraram entrada líquida recorde de US$ 40 bilhões na primeira metade de 2020. Somente em junho, eles adicionaram 104 toneladas de ouro, levando as participações globais a máximas de 3.621 toneladas.

Richard Clarida, do Federal Reserve, e a presidente do Fed de San Francisco, Mary Daly, enfatizaram na terça-feira que o Fed ainda tem opções para aumentar o estímulo monetário, dando credibilidade às expectativas do que os analistas do Citigroup chamaram de apoio “incessante” do Fed.

Além disso, a presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, indicou em entrevista que o BCE pode ficar em espera por algum tempo depois de quase dobrar o tamanho do seu programa de compra de títulos com foco em pandemia.

5. Reino Unido deve anunciar mais estímulos

Espera-se que o governo do Reino Unido anuncie outras medidas de estímulo fiscal em um “mini-orçamento” do Chanceler do Exchequer Rishi Sunak.

As medidas que devem ser anunciadas incluem 3 bilhões de libras para melhorar a eficiência energética de residências e propriedades comerciais, 1,5 bilhão para apoiar a indústria de artes e entretenimento e 2 bilhões de libras em subsídios salariais para os jovens. Também houve relatos de que os impostos sobre transações cobrados nas compras de casas serão parcialmente suspensos, em um esforço para revitalizar o mercado imobiliário do Reino Unido.

O anúncio ocorre um dia depois que o primeiro-ministro Boris Johnson disse à chanceler alemã Angela Merkel que o Reino Unido estava preparado para aceitar um cenário de “não acordo” sobre o comércio com a UE no final do atual período de transição pós-Brexit no final do ano . A libra caiu 0,1% para US$ 1,2525 e 1,1113 euros.

Deixe uma resposta